Redatora Web Freelancer

Não foi da noite para o dia que me tornei uma redatora web freelancer e passei a trabalhar em casa. Foi um processo de muitas pesquisas, mudanças e desafios, em meio a momentos turbulentos da minha vida. Amo muito meu trabalho, e aqui vai um pedacinho da minha história no marketing de conteúdo.

Muitas pessoas sonham em trabalhar em casa. Ser um redator web freelancer é um bom caminho para alcançar esse objetivo e conquistar a tão sonhada independência financeira, sem ter que enfrentar o trânsito diariamente e fazendo o próprio horário de trabalho.

Em 2017, depois de vender minha parte em uma sociedade comercial, decidi voltar a estudar e, enquanto organizava minha vida, fiquei trabalhando com meu irmão na fábrica dele, de sorvetes e açaís. Seria um ano tranquilo, não fosse a descoberta de um câncer de mama, no meio do caminho.

Persistência!

Comecei a faculdade, de recursos humanos, enquanto ainda esperava por um diagnóstico definitivo e decidi não parar, mesmo tendo que encarar cirurgias, quimioterapias e radioterapia.

Comecei a procurar por trabalho na minha área, sem muita esperança devido ao meu tratamento. Mas em meio as vagas de emprego, encontrei uma que referenciava a certificação de Inbound Marketing, da Hubspot Academy e outra a de Produção de Conteúdo para Web da Rock Content, como requisito para o trabalho.

Eu já gostava de produzir conteúdos, sempre amei escrever e tenho este blog desde de 2008. Fui conferir o tal certificado, da empresa que até então eu não conhecia, e acabei tirando mais um, o de Especialista em Marketing de Conteúdo.

Ao terminar a prova de produção de conteúdo, o site mostrou o convite para eu me inscrever como redatora freelancer. Fiz minha candidatura para escrever sobre RH e, com ajuda de um dos meus excelentes professores da Facisa BH, que me ajudou com feedbacks sobre o conteúdo, fui aprovada.

Eu sempre gostei de escrever, mas tinha receio de mostrar minhas produções. Faltava autoconfiança, que adquiri com muito treinamento e o apoio dos meus professores e colegas de faculdade.

Mas as tarefas demoraram a aparecer. Enquanto isso, me candidatei e fui aprovada em outras modalidades que me atraiam, como Mercado imobiliário, Big Data, Decoração e atendimento ao cliente.

Plataformas de trabalho

Pesquisando, descobri plataformas freelancer como a workana e 99freela, onde é difícil encontrar clientes que valorizem nosso conhecimento e trabalho, mas é um bom treino para quem está começando.

Fui aprovada também na Textbroker e na Greatcontent, onde consegui meu primeiro trabalho pago: um pacote de roteiros de viagem para uma grande empresa de voos e hospedagens. Isso me meu a motivação que eu precisava para continuar e desenvolver mais minhas habilidades.

No segundo semestre de 2018, enquanto terminava meu tratamento com sessões diárias de radioterapia, as tarefas da Rock começaram a surgir. A Rock Content foi uma grande parceira, tanto com trabalhos, quanto com conteúdos, imersões e cursos para o meu desenvolvimento.

Marketing pessoal

Aprimorei meu perfil no LinkedIn para mostrar minha nova profissão, comecei a ser ativa na rede e apostar meus artigos. Desde então, tenho conquistado bons clientes e fechado bons negócios por meio da minha rede de contatos. Isso mostra o valor do marketing pessoal para os profissionais freelancers.

Fiz vários cursos e participei de palestras nas áreas de Recursos Humanos, desenvolvimento pessoal, inovação e marketing. Eles me ajudam a ficar atualizada sobre as áreas para as quais produzo conteúdo como redatora web e também sobre novas ferramentas e metodologias de trabalho, como o Design Thinking.

Prazer no trabalho

Realmente amo meu trabalho, e meu maior prazer é produzir conteúdos diferenciados e eficientes para meus clientes. É muito gratificante ver artigos escritos por mim ocuparem as primeiras colocações no Google para termos genéricos como “recursos humanos”. 

Hoje, além de escrever para web, produzo pautas e crio estratégias de conteúdo. Fiz também o curso de Revisão de Conteúdo para Web, e já atuo como copidesque há algum tempo.

Ainda em 2020 termino uma pós graduação em Psicologia e Coaching e um MBA em Liderança para o futuro está em andamento. Meu foco de trabalho e aprendizagem é voltado para a área de inovação, gestão e desenvolvimento humano.

Três anos após meu início como redatora web, estou mais uma vez em tratamento contra o câncer, mas, graças a Deus, ele não inviabiliza meu trabalho nem meus estudos. Ter uma profissão que me motiva e me proporciona tanto aprendizado tem sido fundamental para me manter firme e persistente.

O marketing de conteúdo continua crescendo, mesmo em meio a crise. As organizações estão percebendo cada vez mais a importância de produzir conteúdos de qualidade para seu público e se destacar nos resultados de pesquisas orgânicas. Essa é a foma mais eficiente de atrair, educar e fidelizar clientes.

Ser uma redatora web freelancer pode parecer difícil, mas com dedicação e vontade de aprender, esse pode ser o melhor caminho para muitas pessoas que querem trabalhar em casa.

Quer saber saber mais sobre como se tornar um bom redator ou como as estratégias de conteúdo podem alavancar seus negócios. Entre em contato comigo!