página em branco

Página em branco

Depois de você
Minha vida pareceu perder o sentido
Fiquei feito folha ao vento
Um jardim sem flor, pássaro ferido

Pensei que jamais
Poderia voar secar o meu pranto
Mas então percebi
Que sou simplesmente, outra vez
Uma página em branco

To voltando a viver
Vou me reinventar, escrever outra história
E a cada segundo
Vou tirando você da minha memória

Pode não ser tão fácil assim
Mas já reaprendi a voar
Aprendi muito mais a me amar
Ninguém vai me parar.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Essa é uma poesia de minha autoria, escrita ha algum tempo… Resolvi resgatar algumas de um velho caderninho… Clique aqui para conhecer outros devaneios meus e também de alguns poetas que eu amo!