Exibindo: 1 - 6 de 33 RESULTADOS
brincando de viver
Poesia

Brincando de Viver

Viver Plantar no coração Semente de emoção Pra regar e cuidar Por uma vida inteira  Amar Com o amor viajar Por estradas de sol e poeira E encarar de bem Lama e chuva também Fazer da vida Uma imensa brincadeira  Brincar Brincando de viver Aprendendo a crescer Um pouco a cada dia Dividindo o amor …

namoro a cavalo
Poesia

Namoro a Cavalo – Álvares de Azevedo

Namorar é uma Delícia! não é mesmo? Mas vamos convir que nem sempre aquele início de namoro, o flerte, a paquera dão certo de primeira. No caminho de nossas conquistas às vezes há alguns desencantos, que claro, jamais devem nos fazer desistir. Afinal, é namorando que podemos encontrar um amor para toda vida! Hoje, para …

Poesia

Dia Do Meio Ambiente

Belíssima Letra do Samuel Rosa e Humberto Effe Para refletir do dia do meio ambiente. Vivemos em um mundo tão obcecado por dinheiro, poder, luxo e todo tipo de comodidades, que nos esquecemos de onde vem tudo que consumimos, de todos os prejuízos causados a natureza.A cada dia que passa, a cada minuto, mais perto …

Dia Mundial da Poesia
Poesia

Dia Mundial da Poesia

Amo os poetas brasileiros. Por isso, minha homenagem no Dia Mundial da Poesia, vai especialmente para eles, embora haja outros poetas pelo mundo que também me encantam. Vinicius de Morais, Alvares de Azevedo, Clarice Lispector, Cecilia Meireles, Nado Reis, Victor Chaves, Fernando Sabino, Shakespeare, Carlos Drummond de Andrade… São inúmeros, famosos, anônimos, de tempos antigos, …

simplicidade, felicidade
Blogagem Coletiva Poesia

Simplicidade, Felicidade

Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão! Hoje, revirando o baú, encontrei uma pasta com alguns trabalhos de escola de quando era adolescente. Nem acreditei que guardei algo por tanto tempo. Mas eram trabalhos especiais, de professores que eu amava e fizeram realmente a diferença em minha vida. Em uma das provas encontrei esse lindo poema de Guilherme de …

Poesia

Aprendi com a Vida

Eu posso se assim um tanto diferente Não sou de muitos abraços Não agrado a toda gente Mas sabe, eu sei me virar Por amor eu não ando na corda bamba Não choro por quem me abandona E nunca peço pra voltar Sabe, eu já sofri na vida Já perdi, já tive a minha alma …

Siga-me!