Novembro Azul

Há um preconceito na sociedade que faz com que muitos homens ignorem os exames preventivos contra o câncer de próstata. Assim, é comum os casos serem descobertos já em estágio avançado, quando começam a aparecer os sintomas. Nessa fase as chances de cura total da doença são bem menores. Novembro azul (November) é um movimento internacional que visa a conscientização a respeito dessa doença e também da saúde masculina.

O câncer de próstata é o segundo câncer mais comum no sexo masculino, perdendo apenas câncer de pele não melanoma. É um câncer silencioso e depois do aparecimento dos sintomas os casos já estão em fase avançada, de acordo com o INCA(2016):

Precisamos nos empenhar em quebrar esse tabu e incentivar nossos familiares e amigos a fazerem o exame! Um câncer descoberto em fase inicial tem muito mais possibilidade de ser vencido com um tratamento eficiente.

Novembro Azul
Crédito: https://www.facebook.com/OncomedClinicaOncologica/

Os fatores de risco para o câncer de próstata são:

  • Idade (cerca de 62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos)
  • Histórico familiar
  • Raça (maior incidência entre os negros)
  • Alimentação inadequada, à base de gordura animal e deficiente em frutas, verduras, legumes e grãos
  • Sedentarismo
  • Obesidade (INCA, 2016).


O Ministério da Saúde do Brasil, assim como ocorre em outros países (Austrália, Canadá e Reino Unido), não recomenda a organização de programas de rastreamento de câncer de próstata. Tal prática não está indicada, pois ainda existe considerável incerteza sobre a existência de benefícios associados. Portanto, ações de controle da doença devem focar em outras estratégias, como a prevenção primária e o diagnóstico precoce” INCA, 2016

Participe dessa campanha!

  • Deixe seu bigode crescer durante o mês de novembro!
  • Vista-se de azul durante o mês para promover a causa;
  • Pesquise e se informe melhor sobre a doença para esclarecer aos seus familiares;
  • Ajude a desmistificar o exame de toque retal incentivando os amigos e parentes a prevenir-se;
  • Divulgue e participe de eventos em apoio à causa;
  • Acesse o site da Movember Foundation para se informar melhor sobre a causa!

Estudante de Recursos Humanos. Atualmente trabalhando como redatora freelancer nas empresas Rock Content e Great Content. Tenho grande interesse por assuntos como gestão de pessoas, sustentabilidade, meio ambiente, marketing digital e vida saudável.