Vontade, determinação e persistência: a receita do sucesso

O seu sucesso não se dará pela sua formação, pelo nome da faculdade na qual você estudou ou o curso que você escolheu (ou caiu de paraquedas!). Também não será determinado pelo sucesso de seus pais e nem mesmo pela quantidade de apoio que recebeu de seus familiares e amigos. Isso são só detalhes!

O fator determinante do seu sucesso é o quanto você se dedica, aproveita as oportunidades de aprender, encara os desafios de frente e não usa as suas limitações e as adversidades do caminho como desculpas para não dar o seu melhor!

Se cair, levante logo! Pra que esperar que alguém te veja no chão? tem pedras no caminho, seja criativo, construa algo com elas! No mínimo aprenda como removê-las para prosseguir com a caminhada. Não seja vítima! Alguém pode até sentir pena de você, mas não vai resolver a sua vida, nem garantir o seu futuro!

Vontade, determinação e persistência: a receita do sucesso

Não foque nas suas fraquezas e limitações. Não é que você deva desistir de superá-las, mas precisa focar nos seus pontos fortes e usá-los a seu favor.

Nunca, jamais conforme-se em não saber, não conseguir. Troque o “eu não sei” por “vou aprender como se faz”! Troque o “eu não consigo” por “vou treinar até conseguir” Aproveite a era Google, pesquise, peça ajuda aos amigos, mas não desista!

Michael Jordan foi dispensado do time da escola por ser pequeno demais. Imaginem só! Só 1,80 (ele cresceu mais 18 centímetros depois). Mas o que ele queria era jogar basquete, então se tornou apenas o melhor jogador de todos os tempos!

Como teria sido sua vida se ele cedido às suas limitações naquele momento e desistido de fazer o que ele amava pela falta de alguns centímetros? Detalhes!

Seu sucesso é você quem faz! O seu caminho só você vai trilhar, suas escolhas só você sentirá as consequências. Seu tempo perdido não poderá ser recuperado. Portanto, comece a se levantar antes mesmo de cair. Foque na sua jornada e dê o seu melhor não importa qual seja a situação.

Se por acaso, em algum momento, sentir que está semeando sozinho algo que outros também colherão sem ter te ajudado na parte mais penosa do trabalho, lembre-se, antes de desistir, que você também irá saborear os frutos.

É melhor ter, no seu quintal, uma árvore que dá muitos frutos, e poder compartilhá-los, que depender dos frutos de quintais alheios. Uma hora você pode chegar tarde demais para a colheita!

No mais, seja humilde, resiliente, jamais arrogante, tenha sempre empatia e flexibilidade.

TRABALHE E APRENDA SEMPRE!

A recompensa certamente virá! SUCESSO!

Estudante de Recursos Humanos. Atualmente trabalhando como redatora freelancer nas empresas Rock Content e Great Content. Tenho grande interesse por assuntos como gestão de pessoas, sustentabilidade, meio ambiente, marketing digital e vida saudável.