Ana Estevan,  Poema,  Poesia

Ombro Amigo

Ombro Amigo
Alma ferida
Coração sofrido
Quer descansar
Procura guarida
No peito amigo
Quer repousar

No ponto a que chego
Desassossego
Frio e solidão
Dor impiedosa
Que me faz sentir
Essa desilusão

Fica comigo
Empresta seu ombro
Deixa eu chorar minha dor
Sê meu amigo
Me ouve por favor
Contar a minha
Triste história de amor

Redatora Freelancer | SEO. Escrevendo principalmente e com muito amor sobre Gestão de pessoas e Marketing digital. Interessada, também, por outros assuntos como literatura, sustentabilidade, plantas artesanato e vida saudável. Apaixonada pela vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *